Costa Leste

Costa Leste

Costa Leste

Pattaya

Pattaya

 

 

Situada apenas a duas horas de viagem de automóvel de Banguecoque, Pattaya é conhecida como um jardim cosmopolita ao sol. Frente a uma ampla baía e com uma longa extensão de praia, é um resort balnear com estatuto de cidade e criou todas as condições para oferecer uma enorme variedade de atividades desportivas e de diversões, tanto na água como em terra.

Durante o dia são os desportos aquáticos que dão vida a Pattaya, mas, quando a noite chega, o resort permanece igualmente ativo, com a animação dos veraneantes que acorrem aos seus bares, discotecas, clubes noturnos e restaurantes. A incansável agitação de Pattaya pode parecer esmagadora, mas o resort tem como objetivo ter uma oferta para cada um dos seus visitantes, rodeando-se de inúmeras e diversas atrações que permitem uma multiplicidade de alternativas.

Inúmeros campos de golfe, por exemplo, estão disponíveis apenas a uma curta distância de carro, ou podem encontrar-se praias mais tradicionais em Bang Saen ou na ilha próxima de Ko Si Chang. Há também uma multiplicidade de programas de passeios familiares, incluindo a visita a uma aldeia cultural e a um jardim zoológico de tigres. Uma ampla seleção de hotéis, desde o mais luxuoso ao estilo bungalow, assegura todo o conforto que a modernidade pode oferecer. Uma estadia em Pattaya pode significar tanto uma tranquila evasão à beira da piscina do hotel como um pacote de férias repleto de aventura e diversão.

Chanthaburi

Chanthaburi

 

 

No Sudeste de Rayong, Chanthaburi é conhecida como a Província Jardim da Tailândia, sendo famosa pelo cultivo de vegetais e frutos. No topo da lista dos seus produtos frescos encontram-se três das mais exóticas frutas da Tailândia: o durian, o mangostão e o rambutan. Distintos frutos da terra, sob a forma de rubis e safiras, foram também anteriormente produtos de Chanthaburi, e embora as minas de pedras preciosas locais já tenham deixado de funcionar, a capital da província permanece um reputado mercado de pedras preciosas do Sudeste Asiático.

Trat

Trat

 

 

Trat, no extremo da costa leste da Tailândia, tem sido praticamente assumida como uma região delimitadora: à fronteira física com o Caboja junta-se a figurativa entre passado e presente, uma vez que ainda persiste muito do mundo turbulento e pesado da mineração de pedras preciosas em Trat. No entanto, nos dias que correm esta visão começa a alterar- se, muito devido à crescente popularidade de Ko Chang, a segunda maior ilha da Tailândia e a grande atração da província de Trat.

Situada a 8 quilómetros pela costa, Ko Chang é a principal ilha do Parque Nacional Marítimo de Muko Chang, um arquipélago de 52 ilhas. Devido ao seu isolamento, foi só muito recentemente que as idílicas praias da ilha começaram a ser descobertas pelos turistas internacionais. A ilha dispõe de alojamentos e de todas as comodidades necessárias, embora o desenvolvimento das infraestruturas ainda seja ténue em comparação com outros resorts tailandeses. Em Ko Chang é possível desfrutar da emoção de se descobrir um novo paraíso tropical.

Rayong

Rayong

 

 

Situada na costa, a uma certa distância de Pattaya, Rayong é uma província que combina um interior montanhoso exuberante com um litoral de praias tranquilas, menos desenvolvidas que as de Pattaya, mas que prometem umas férias mais sossegadas à beira-mar. A ilha de Ko Samet complementa as praias do continente. Imortalizada pelo poeta clássico tailandês Sunthon Phu, cuja ação de grande parte do seu poema épico Phra Aphaimani decorre nesta ilha, Ko Samet é um destino exótico com excelentes praias e alojamentos simples mas cómodos, em estilo bungalow.

No caminho para a praia, a cidade de Rayong apresenta atrações culturais em Wat Pa Pradu, que consagra uma grande estátua de Buda deitado, e em Wat Lum Mahachai Chumphon, onde o monumento Taksin comemora a data em que o rei Taksin reuniu o seu exército para expulsar os birmaneses, após a queda de Ayutthaya, em 1767.

Ko Kut

KoKut

 

 

Ko Kut, a quarta maior ilha da Tailândia, é o refúgio ideal para quem procura o contacto com a natureza  quase virgem e o descanso absoluto. Localizada no magnífico Golfo da Tailândia, longe da confusão dos grandes centros turísticos, é um lugar de exceção com paisagens tropicais luxuriantes  em que as únicas melodias que se ouvem durante a noite são as ondas a bater na praia e os ruídos da floresta. 

A maior parte da população de Ko Kut vive da pesca e da venda de coco e borracha. Muitos dos nativos da ilha descendem da etnia Khmer, tendo os seus antepassados chegado à ilha na viragem do século XX, em fuga ao domínio francês no Camboja.

Ko Kut conta com duas praias especialmente deslumbrantes, a de Klong Chao Bay, na qual se pode encontrar uma incrível cascata, e a de Ao Phrao. As duas convidam a passeios de caiaque ou à prática de desportos marinhos, onde se destaca o snorkelling. Porém, a ilha oferece mais do que apenas as águas cristalinas e o longo areal fino e branco: a floresta tropical, as plantações de coco e de borracha e as vilas de pescadores, perdidas no tempo, também merecem ser descobertas. Os visitantes têm uma oferta variada de alojamentos, dos mais simples aos mais sofisticados. Ko Kut é uma experiência imperdível.