Nordeste (ISAN)

Nordeste (ISAN)

Nordeste (ISAN)

Nakhon Ratchasima

Nakhon Ratchasima

 

Também conhecida como Khorat, Nakhon Ratchasima é a porta de entrada para o nordeste da Tailândia. A região, que desde o início do século XX é conhecida como Isan, é uma área predominantemente rural e que pouca alteração sofreu ao longo dos tempos.
Trata-se de uma província com uma importância histórica considerável, tendo sido um relevante posto avançado da antiga civilização Khmer, com capital em Angkor, no Camboja. Na pequena localidade de Phimai, encontram-se, em excelentes condições de conservação, as ruínas de um templo do século XI, que formam o melhor e mais importante testemunho da presença Khmer na região.
Para além dos locais de interesse histórico e cultural, Nakhon Ratchasima alberga ainda o extenso Parque Nacional de Khao Yai, classificado como uma das reservas naturais mais bem protegidas e preservadas do país e com uma grande diversidade de habitats de fauna e flora, que vão da floresta tropical perene à savana.

Loei

Loei

 

Em termos paisagísticos, Loei destoa da região em que se insere, a de Isan, aproximando-se muito mais das características da região norte. Com altas colinas e montanhas e uma enorme variação climática, é em Loei que se assinalam as temperaturas mais altas e mais baixas da Tailândia.

Não é surpreendente que as principais atrações sejam as naturais, nomeadamente os Parques Nacionais de Phu Kradueng, Phu Luang e Phu Ruea, espaços montanhosos onde se podem encontrar pinheiros e outras árvores de climas frios, assim como uma abundante vida selvagem.

Udon Thani

Udon Thani

 

Udon Thani é um movimentado centro de comunicações e transportes e um fácil ponto de passagem para as províncias vizinhas de Khon Kaen, a sul, e Nong Khai, a norte. Para os turistas, a maior atração é, no entanto, o local pré-histórico de Ban Chiang, onde, na década de 1970, os achados arqueológicos puseram em evidência uma civilização que remonta há mais de 4 mil anos. Exemplares dos achados, incluindo esqueletos, ferramentas e diferentes peças de cerâmica, podem ser observados nas próprias escavações, cujas valas foram deixadas abertas, e que são reveladoras da enorme importância desta descoberta arqueológica.

Khon Kaen

Khon Kaen

 

Khon Kaen, famosa pela gastronomia típica de Isan e pelos tecidos de seda produzidos à mão, situa-se no centro do nordeste. A grande cidade, bastante cosmopolita, apresenta uma excelente oferta de hotéis e restaurantes, revelando-se um lugar extremamente convidativo para uma paragem, a caminho de outros destinos mais a norte e a leste.

Nong Khai

Nong Khai

 

A atraente província de Nong Khai, que se estende ao longo das margens do rio Mekong, em frente a Vientiane, a capital do Laos, fascina pelas suas paisagens fluviais. Na cidade de Nong Khai, a encantadora pequena capital da província, merecem especial atenção os belos templos e a Ponte da Amizade, inaugurada em 1994, que, com os seus quase 1.190 metros de comprimento, atravessa o rio Mekong e serve de porta de entrada para Laos.

Buri Ram

Buri Ram

 

Na província de Buri Ram existe um conjunto de ruínas de templos da civilização Khmer, que remonta aos séculos X e XIII. Entre elas, destaca-se o templo de Phanom Rung Historical Park, o maior, mais importante e de maior imponência de todos, edificado no topo de uma colina. O local combina a maravilha arquitetónica com uma excelente localização, oferecendo uma visão panorâmica sem igual sobre a paisagem circundante.

Surin

SurinElephant

 

Surin, a capital provincial, tranquila durante a maior parte do ano, enche-se repentinamente de vida em novembro, quando alberga um dos acontecimentos mais marcantes para o país: o Festival dos Elefantes. Este emocionante e colorido espetáculo celebra o notável papel que os elefantes têm desempenhado na História da Tailândia e no desenvolvimento do país e é a maior atração de turistas à província.

Ubon Ratchathani

Ubon Ratchathani

 

Classificada como uma das maiores províncias do nordeste, Ubon Ratchathani faz fronteira tanto com o Laos como com o Camboja; balizando o território dos três países, a região é atualmente conhecida como “O Triângulo Esmeralda” e destaca-se pela sua exuberante cobertura florestal. Salienta-se, na geografia e topografia da província, o Rio Mun, que desagua no Rio Mekong, o último delineando grande parte da fronteira oriental de Ubon Ratchathani.

O encontro dos dois rios oferece um cenário de uma enorme beleza, enquanto pinturas rupestres pré-históricas presentes no penhasco próximo de Pha Taem acrescentam um ainda maior fascínio à região. No essencial, a província é o palco de manifestações da cultura tradicional Isan, já que nela decorrem fascinantes eventos anuais, como o Festival das Lanternas, celebração budista que comemora o início do Retiro das Chuvas.