Desportos

Desportos

Desportos

Muay Thai

O desporto rei da Tailândia é o Muay Thai. Praticado desde o ano 200 a.C. pelos antigos e valentes guerreiros Ao Lao, foi apenas a partir de 1977 que este desporto se tornou conhecido no Ocidente. No início, apenas os membros da família real e os oficiais superiores eram iniciados nesta disciplina, mas quando o Reino do Sião entrou em guerra com a vizinha Birmânia, tornou-se comum entre os guerreiros tailandeses aprender esta arte marcial. 

Um dos momentos mais marcantes da história deste desporto remonta a 1174, quando o guerreiro Nai Khanom Dton conseguiu defender-se sozinho e em simultâneo de dez pugilistas birmaneses, conseguindo, pela enorme perícia que demonstrou, conquistar a liberdade. Desde essa altura, em honra de Nai Khanom Dton, todos os anos, no dia 17 de Março, os pugilistas dedicam os seus combates ao valente herói.

Antes de cada combate, o pugilista exibe-se na tradicional saudação inicial Wai Krua, uma parte essencial da disciplina que demonstra o respeito para com o treinador e para com o próprio espírito da modalidade. Segue-se uma dança tradicional ram muay, com o objetivo de mostrar os golpes das armas utilizadas, que podem variar de ringue para ringue. A dança procura ainda imbuir o corpo do pugilista da força dos quatro elementos naturais: terra, ar, fogo e água.

 

Regata

É um dos desportos mais difundidos na Tailândia, muito graças à medalha de ouro, conquistada em 1967 pelo rei Bhumibol Adulyadej, nos Jogos do Sudeste Asiático. De 1987 em diante organiza-se em Phuket a regata oficial da Tailândia, a Copa do Rei, um acontecimento de grande importância para o país e onde participam mais de 100 embarcações, provenientes de todo o mundo.

 

Atividades submarinas e mergulho

O clima tropical e as águas cristalinas e temperadas da Tailândia, cuja costa se estende por mais de 2 mil quilómetros, tornam o país um dos principais destinos para os praticantes de mergulho, snorkelling e outros desportos e atividades marinhas. Há, no entanto, que ter em conta a variada flora e fauna marinhas, de onde se destacam tubarões, baleias e mantas-raia, mas também os menos perigosos e visualmente muito atraentes recifes de coral.

Para os principiantes do mergulho, a ilha de Kho Tao, no Golfo da Tailândia, é considerada, desde há muito, o lugar ideal para a estreia, pela possibilidade de participarem em cursos e formações. Mais a Sul, na ilha de Phuket, os visitantes têm a possibilidade de desfrutar de dois locais inesquecíveis: o “Ponto do Tubarão”, habitat natural de tubarões-leopardo, e os destroços do ferry King Cruise. Os mergulhadores que desejem uma viagem mais demorada e elaborada podem optar pelas ilhas Similan, no mar de Andaman, a poucas horas de distância de Phuket.

As Similan são um conjunto de verdadeira beleza: ilhas exóticas e inabitadas que se revelam os lugares de mergulho mais espetaculares da Tailândia. As ilhas são igualmente um dos poucos lugares do mundo onde tubarão-baleia e a manta-raia foram vistos por numerosas pessoas. Os recifes de coral desta zona são ainda casa de inúmeras e fascinantes espécies marinhas, de fazer cortar a respiração aos exploradores do mundo submarino.

 

Caminhadas

A Tailândia oferece aos visitantes que procuram trilhos para caminhadas 79 parques Nacionais, 89 santuários de vida selvagem e 35 reservas de bosques. Os de teka, zona Norte do país, ou os montes cobertos de florestas que escondem vales secretos oferecem paisagens únicas aos amantes deste desporto. A temporada de trekking começa em dezembro e termina em junho, suspendendo-se durante a estação chuvosa das monções.

 

Caiaque

As espetaculares ilhas calcárias do Sul da Tailândia estão repletas de incríveis grutas marinhas onde só se pode chegar por caiaque. As ilhas Phi Phi e a baía de Phang Nga são pontos de visita obrigatório para os amantes desta modalidade, a última pelas suas místicas formações rochosas que crescem como grandes torres e que são conhecidas como “Hongs”.

 

Golfe

Este desporto já é uma das principais razões para praticantes de todo o mundo se deslocarem à Tailândia, onde são surpreendidos pelo rigor das normas de etiqueta que ali se pratica. O país dispõe de mais de 200 campos, alguns desenhados por reconhecidos nomes como Jack Nicklaus e Greg Norman, e distinguem-se pela enorme beleza da paisagem que os envolve. Igualmente famosos, e considerados "a arma secreta" da Tailândia, são os caddies, cuja presença é obrigatória em qualquer campo e que são reconhecidos pela sua simpatia, atenciosidade e capacidades técnicas no golfe, melhorando incomparavelmente a experiência de quem escolhe a Tailândia para praticar este desporto. 

Também os recentes êxitos do número um do mundo na modalidade, Tiger Woods, cuja mãe é tailandesa, ajudaram a fomentar o interesse por este desporto e a torná-lo cada vez mais uma razão para os desportistas se deslocarem ao país.

 

BTT

Uma paisagem montanhosa com trilhas de terra que correm ao longo dos rios, descidas em alcatrão que oferecem passeios em forma de montanha-russa, paragens em templos budistas cercados por luxuriantes florestas e estadias noturnas nas colinas das tribos. Na Tailândia, as rotas oferecidas pelos operadores turísticos para quem quer praticar ciclismo são ajustadas desde o mais experiente dos praticantes até aos estreantes, sem excluir programas dedicados às famílias. Os trajectos variam entre os parques históricos das antigas capitais do país, Sukhothai e Ayutthaya, à província de Nakhon Nayok, perto de Banquecoque, sendo que os mais aventureiros têm no distrito Pai, situado na província de Mae Hong Son, o ponto de partida para um trajeto pelos seus arredores montanhosos.

 

Escalada

A província de Krabi, no Sul da Tailândia, oferece aos amantes da escalada uma costa de imponentes penhascos de calcário e praias de areia branca. Só em torno da praia Rai Leh Beach podem encontrar-se mais de 700 pontos de escalada, com diversos graus de dificuldade. A atividade, sempre acompanhada por auxiliares e monitores, é vista como uma metáfora de superação pessoal e tem vindo a ganhar popularidade a nível mundial.

Para além da província de Krabi, também a região de Chiang Mai dispõe de locais com boas condições para a prática deste desporto, como o penhasco de Crazy Horse. A apenas 25 quilómetros do centro da cidade de Chiang Mai, o penhasco conta com cerca de 150 rotas por onde tanto profissionais como amadores, turistas e locais podem escolher. Além das falésias, em Chiang Mai há ainda uma série de cavernas na área que podem ser exploradas como parte de um passeio de escalada em rocha.

Quem procure locais menos concorridos por turistas para escalar, tem boas opções nas falésias das seis ilhas Phi Phi e nas da Ilha Tao.