Religião

Religião

Religião

O espírito tailandês resume-se bem no lema “Sanuk, Sabai e Saduak”, que significa “sê feliz, fica tranquilo, contenta-te com aquilo que a vida te oferece”.

Estes são princípios do Budismo, religião a que pertence 95% da população do país. O budismo da escola Theravada é o predominante, destacando-se entre os seus princípios o do potencial de cada indivíduo para alcançar o nirvana, o estado de paz e graça pura, e a reencarnação. À cabeça da hierarquia budista encontra-se habitualmente um membro da família real tailandesa.

O país conta com cerca de 18 mil templos e 140 mil sacerdotes, estando os monges incumbidos da transmissão dos cinco pilares do budismo Theravada ao povo: não matar, não roubar, não abusar sexualmente, não mentir e não envenenar as bebidas. Estes preceitos não constituem uma lei escrita, sendo apenas recomendações a que o budismo chamou “a conduta correta”, e que, sendo profundamente respeitados pelo povo, tornam a Tailândia um dos países mais pacíficos e acolhedores para os turistas.

As visitas aos templos budistas constituem uma das atividades de eleição dos visitantes da Tailândia, que podem conversar com os monges que neles vivem e aprender com eles os preceitos da religião. No entanto, há que atenção ao vestuário adequado à entrada nestes locais sagrados, não sendo permitido entrar calçado nem com os braços e pernas destapados.

Na capital, Banguecoque, encontra-se o mais venerado templo do país, Wat Phra Kaew, que é parte do Grande Palácio Real, a moradia oficial da família real tailandesa, e que alberga uma das mais famosas e visitadas estátuas do país, a do "Buda de Esmeralda". Também a gigantesca estátua do "Buda Reclinado", no Templo Wat Pho, igualmente em Banguecoque, é muito visitada por turistas e pela população local, que continua a fascinar-se pela construção de 46 metros de comprimento e 15 metros de altura.

Mais a norte, na província de Chiang Mai, outro dos principais templos que atraem visitantes todo o ano é o Wat Phra That Doi Suthep, construído em 1386 no topo de uma montanha e conhecido pela sua imponente escadaria de entrada com 300 degraus. De visita obrigatória é também o Templo Branco (White Temple), na província vizinha de Chiang Rai, um dos mais inovadores em todo o país, cujas paredes estão decoradas com imagens de personagens de filmes e celebridades americanas, além de referências ao atentado terrorista de 11 de setembro e a George W. Bush.